Contexto: A RESEX Federal Rio Cautário foi criada em 2001 e tem como órgão gestor o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Com uma área de cerca de 74.000 ha, a RESEX Federal possui fronteira com a RESEX Estadual do Rio Cautário, que teve sua criação em um momento anterior, em 1995. Apesar de serem áreas protegidas gerenciadas por jurisdições distintas, as famílias das RESEX Federal também podem ser consideradas beneficiárias da RESEX Estadual e vice-versa.

As RESEXs possuem 83 famílias que tem como principal atividade econômica a extração de Castanha, com produção anual de mais de 150 toneladas. Outra atividade extrativista importante é a produção de látex, que chega a 30 toneladas anualmente.

Objetivos: O objetivo do projeto é apoiar a comunidade a identificar oportunidades de melhor aproveitar o potencial dos produtos florestais não madeireiros para desenvolver sua economia local, garantindo seu bem-estar e sustentabilidade.

Os objetivos específicos do projeto são:

  • Potencial florestal: estudar o potencial florestal de produtos madeireiros e não madeireiros;
  • Oportunidades de negócios: identificar oportunidades e definir estratégias para desenvolver negócios relacionados a produtos madeireiros e não madeireiros;
  • Organização social: caracterizar o capital social para ajustar às estratégias de negócios de forma participativa.

Resultados esperados: Espera-se instrumentalizar as comunidades beneficiárias das Resex Federal e Estadual de maneira que possam escolher as melhores formas de aproveitar o potencial produtivo que têm em mãos, promovendo uma melhoria de qualidade de vida e valorizando e mantendo a floresta em pé.