O que é?

Documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais de uma Unidade de Conservação, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, bem como a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da Unidade. (SNUC, 2000).

O Plano de Manejo de uma UC envolve três aspectos centrais: Diagnóstico, Planejamento Estratégico e Zoneamento, Programas de Manejo.

  • Diagnóstico: o diagnóstico da UC tem como objetivo caracterizar os seus aspectos físicos, bióticos e socioeconômicos, bem como estabelecer diretrizes para seu zoneamento e subsidiar as etapas de planejamento frente aos cenários e oportunidades municipais, governamentais, federais e internacionais;
  • Zoneamento e Planejamento Estratégico: Uma vez conhecidos os principais aspectos de uma UC, são realizadas reuniões técnicas com especialistas e oficinas de planejamento participativo com as comunidades e atores locais de influência, de modo a agregar seus conhecimentos e aproximar a sociedade e o Conselho Consultivo da gestão da UC. O Zoneamento nesse contexto funciona como um instrumento de ordenamento territorial, estabelecendo limites e proposições específicas para cada setor da UC e seu entorno;
  • Programas de Manejo: voltados para a gestão da UC, com a finalidade de minimizar/reverter situações de conflito e otimizar situações favoráveis aos objetivos da unidade. Geralmente desenvolvem-se nesta etapa programas específicos como: Uso público e Educação Ambiental, Gestão da Infraestrutura, Pesquisa, Comunicação e sinalização, Interação socioambiental com entorno, Regularização fundiária e outros que podem variar conforme tipo de unidade e sua  condição.
    (Fonte: Roteiro Metodológico IBAMA 2008).

Em resumo, o Plano de Manejo é uma ferramenta fundamental para a gestão eficaz e uso sustentável da área protegida e de seus recursos naturais.

O Ekos Brasil, ao logo de sua existência realizou qualificados trabalhos que são, atualmente, referência no tema Planos de Manejo. Temos projetos desenvolvidos em todos os biomas brasileiros e em diferentes estados, envolvendo tanto a elaboração quanto a implantação de Planos de Manejo.