O Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba foi criado em junho de 2003 pelo decreto n° 14.937 e possui uma área de 4.261.179,10 m², no Município de Santo André, SP.

A área do Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba (PNMNP) localizada no Estado de São Paulo, Município de Santo André, é um importante remanescente de Mata Atlântica ainda preservada na região metropolitana da cidade de São Paulo (RMSP).

A área onde está inserido o PNMNP constitui-se de unidades geomorfológicas pertencentes ao Planalto Atlântico de acordo com a divisão geomorfológica do Estado de São Paulo proposta pelo IPT (1981) baseada em Almeida (1964). Tal relevo está condicionado à natureza local de suas rochas, além dos efeitos do clima tropical úmido, sendo dessa forma, classificados como relevos de degradação em planaltos dissecados, que vem sofrendo processos de denudação sobre os filitos, micaxistos, gnáisses e migmatitos que os constituem.
A importância de analisarem-se os condicionantes lito-estruturais do relevo deve-se ao fato de tentar esclarecer a relação entre a distribuição das formas e os processos morfodinâmicos pela estabilidade dos materiais que os constituem. Principalmente em áreas como esta, sujeitas a intensos processos intempéricos pela ação do clima quente e úmido, associado a fortes declividades, é fundamental reconhecer e identificar áreas com diferentes comportamentos quanto à estabilidade de encosta, movimento de massa e escorregamentos.
 
Além disso, neste trabalho coordenado pela Instituto Ekos Brasil, foram
caracterizados, qualificados e quantificados toda a cobertura vegetal do Parque, visando produzir subsídios para a elaboração de diretrizes e propostas do plano de manejo.