O Parque Estadual Intervales (PEI), Unidade de Conservação de Proteção Integral, com área total de 41.704,27 hectares, foi criado em 5/6/1995, através do Decreto nº 40.135/95. Sua gestão é realizada integralmente pela Fundação Florestal, órgão vinculado à Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. A sede do Parque localiza-se no município de Ribeirão Grande e dista cerca de 30 km da sede municipal. Esta área da Unidade recebe atualmente entre 8.000 a 9.000 visitantes por ano. Cerca de 50% desses visitantes (área da sede) refere-se a público regional e os outros 50% de visitantes que se utilizam dos serviços de hospedagem. No ano de 2007, o Parque Estadual Intervales foi contemplado com o principal instrumento de gestão previsto para as unidades de conservação brasileiras: o Plano de Manejo, coordenado pelo Ekos Brasil.

No âmbito do Plano de Manejo, os levantamentos e análises subsidiarão o planejamento e a tomada de decisões quanto ao manejo para a minimização dos impactos do uso público, nas trilhas utilizadas pela visitação na região da sede do Parque Estadual Intervales. Foram considerados os levantamentos realizados em dois trabalhos sobre a visitação e seus impactos no PEI:

  • “Levantamento dos Impactos do Uso Público e Suas Limitações para o Aumento da Visitação no PEI”, 1999, Relatório de consultoria;
  • “Seleção de Indicadores para o Monitoramento do Uso Público em Áreas Naturais Protegidas”, 2002, Dissertação de Mestrado, ESALQ/USP.
  • A análise dos dados obtidos na avaliação dos impactos do uso público traz uma descrição das atividades atuais, relata os resultados dos impactos biofísicos e sociais e apresenta propostas de ação ou estratégias de manejo.